Todos os posts de Brendan

Conheça os tipos de osteoporose

A osteoporose é uma patologia que se caracteriza pelo enfraquecimento dos ossos tornando-os pré-dispostos a fraturas.

Através de um exame onde é verificada a densidade óssea, o médico poderá chegar a um diagnóstico preciso.

A dificuldade de identificar a osteoporose é que geralmente não apresenta sintomas significativos até que ocorra uma fratura.

A osteoporose atinge principalmente as mulheres. Até mais ou menos 30 anos, os ossos da mulher têm um aumento de densidade, quando eles se tornam mais fortes. Após este período ocorre o processo contrário e a densidade diminui lentamente.

Não é regra, mas a maioria das mulheres acentuam esta diminuição da densidade após a menopausa (geralmente após os 50 anos), pois neste período ela deixa de produzir o estrogênio, por isso muitas das vezes é recomendado fazer o uso do gnesis que é um suplemento natural que ajuda a combater a osteoporose e várias outras doenças como artrite, artrose e muito mais.

São diagnosticados dois tipos de osteoporose:

  • Osteoporose Primaria

Atinge uma média de 95% dos casos diagnosticado em mulheres e 80% dos homens. A osteoporose primaria é consequência da falta de estrogênio (especificamente nas mulheres), níveis baixos de hormônio sexual (no caso dos homens), níveis baixos de vitaminas e cálcio. A carência de vitamina D resulta na deficiência de cálcio que desencadeia processo de decomposição dos ossos.

Outros fatores também podem desencadear a osteoporose como: histórico familiar, determinados medicamentos, consumo em excesso de álcool e tabaco.

  • Osteoporose Secundária

Ocorre em um nível muito baixo e se caracteriza como consequência de outros distúrbios do organismo. Medicamentos à base de corticoide, progesterona, anticonvulsivos e tratamento quimioterápico. Disfunções hormonais como: hipertireoidismo, hipogodadismo, diabete mellitus, artrite reumatoide e alguns tipos de câncer.

A osteoporose pode ser prevenida assim como seus sintomas aliviados se o diagnóstico for confirmado.

A prevenção é sempre o melhor caminho pois é mais fácil prevenir do que recuperar a densidade óssea perdida.

A prevenção pode ser feita desde cedo (no caso das mulheres em torno dos 30 anos) através do consumo adequado de vitaminas (principalmente a D), cálcio, suplementos (existem muitos disponíveis no mercado), exercícios físicos evitar o consumo excessivo de álcool, fumo e cafeína.

A osteoporose é uma doença que não apresenta sintomas significativos pois ocorre muito gradualmente. Porem suas consequências são muito serias, pois as fraturas que resultam da doença demoram muito para se restaurar e isto pode oferecer até mesmo uma deformidade no corpo como é mostrado no vídeo abaixo:

3 Remédios Probióticos Para Melhorar a Digestão

Nossa dieta deve incluir alimentos diários que favoreçam uma microbiota intestinal saudável. Nesse sentido, existem remédios com probióticos, isto é, ricos em microrganismos vivos que melhoram nosso sistema digestivo e nossa saúde em geral.

Neste artigo, compartilhamos 3 remédios com probióticos que ajudarão você a melhorar sua digestão. São alimentos que requerem diferentes processos de fermentação, por isso lhes dizemos como fazê-los passo a passo.

O que são probióticos?

Os alimentos probióticos são aqueles que são formados por microrganismos vivos e que, quando consumidos, permanecem ativos em nosso intestino, favorecendo a microbiota . Desta forma, são essenciais para uma boa digestão, mas também para a saúde em geral.

Se quisermos consumir remédios com probióticos, devemos ir a alimentos fermentados . E a melhor opção é fazê-las em casa, já que algumas das comercializadas foram submetidas a processos como a pasteurização. Isso faria com que os probióticos fossem eliminados da comida.

Abaixo, propomos alguns dos remédios probióticos mais populares e benéficos. Além disso, existem para todos os gostos, com base em produtos lácteos, frutas e legumes. Continue lendo!

Leia também: Chegou ao brasil o Flex Caps, o novo suplemento natural para combater osteoporose, artrite, artrose e várias outras doenças.

Remédios com probióticos

1. Kefir

O iogurte , um alimento tão popular em todo o mundo, contém probióticos naturalmente, porque ele é produzido por um processo de fermentação . No entanto, quando é pasteurizado, perde as bactérias benéficas.

Portanto, se não podemos escolher o iogurte natural, podemos recorrer ao kefir . Este leite é feito caseiro graças a um coalho bacteriano que se alimenta de lactose. Nós só precisamos adicionar um pouco desses nódulos de kefir que, com o tempo, irão crescer na bebida.

Ingredientes

  • 1 xícara de leite fresco (250 ml)
  • 2 colheres de sopa de nódulos de kefir (20 g)

Elaboração

  • Para começar, introduza o leite morno junto com o kefir em um recipiente de vidro. Deve haver um espaço livre de pelo menos dois dedos, ou também podemos cobrir o recipiente com um pano para respirar.
  • Deixar então fermentar à temperatura ambiente durante cerca de 24 horas. Quanto mais tempo, mais ácido e grosso será.
  • Após este tempo, coe a bebida e repita o processo com os nódulos. Podemos adoçar com mel ou açúcar mascavo. 

2. Remédios com probióticos: bebida de casca de abacaxi

Se você gosta de abacaxi você deve saber que você também pode tirar proveito de sua casca para um dos mais deliciosos remédios probióticos. Podemos colocá-lo para fermentar com açúcar e obter uma bebida refrescante muito saudável. 

Em alguns países, existem receitas com esta fruta para fazer bebidas alcoólicas e outras variantes. Em seguida, propomos uma versão para a qual vamos usar principalmente a casca, muito rica em enzimas.

Ingredientes

  • 1 abacaxi grande ou 2 abacaxi médio
  • 1 xícara de açúcar (200 g)
  • 4 xícaras de água (1 l)

Elaboração

  • Primeiro, lave bem o abacaxi e descasque-o.
  • Em seguida, introduza em uma tigela de vidro junto com o açúcar e a água.
  • Feche bem a garrafa, embora devamos abri-la duas vezes por dia.
  • Depois, deixe fermentar entre 4 e 7 dias. A partir do quarto dia, podemos tentar. Se ainda for doce, podemos deixar fermentar mais, se quisermos.
  • Finalmente, coe a bebida e, se desejar, adoeça para beber.
  • Recomenda-se beber frio. 

3. Chucrute: um remédio clássico com probióticos

Finalmente, você não pode perder uma das mais famosas comidas fermentadas da Europa Central, chucrute ou repolho fermentado. Com essa técnica, era garantido que as pessoas pudessem comer vegetais durante todo o ano, quando não havia outra maneira de preservá-las.

Ingredientes

  • 1 repolho grande e muito fresco
  • 1 colher de sopa de sal (15 g) por quilo de repolho

Elaboração

  • Para começar, lave o repolho e remova qualquer folha que não esteja em boas condições.
  • Em seguida, corte tudo em tiras muito finas.
  • Então, no recipiente de vidro que é grande o suficiente, vamos gradualmente introduzir o repolho e o sal em camadas. Além disso, vamos esmagar tudo dentro do frasco para que o repolho libere o suco e para que não haja espaços aéreos.
  • Deve haver algum espaço livre na panela e o suco do repolho deve cobrir a mistura. Isso deve ser verificado à medida que os dias passam para esmagar o repolho, se necessário.
  • O chucrute estará pronto em um ou dois meses e tanto o repolho quanto o suco serão ricos em probióticos.

Você se atreve a tentar esses remédios com probióticos? Seu sabor é intenso e delicioso, e seu consumo diário ajudará você a ter a microbiota em perfeitas condições, uma garantia de boa saúde.

Tudo Sobre Impotência Masculina

O que é impotência ou disfunção erétil?

É a incapacidade de obter ou manter a ereção do pênis com rigidez necessária para uma relação sexual satisfatória para ambos os parceiros.

Esta incapacidade deve ocorrer com uma frequência de pelo menos 50% das tentativas. Episódios isolados de incapacidade ou “falhas” não caracterizam a impotência.

Como diagnosticar?

 

Falhas eventuais ocorrem a qualquer homem pelo menos uma vez na vida. Mas quando é frequente, lembre-se que a causa pode ser um problema circulatório que impede a irrigação do pênis e que pode oferecer outros fatores de risco à sua saúde.

Procure um profissional da área (urologista), que através das suas informações e exames poderá lhe dar um diagnóstico preciso.

Quais são as causas?

As causas são bem variadas e podem ser físicas e orgânicas (85% dos casos):

  • Diabetes
  • Hipertensão
  • Uso abusivo de álcool
  • Tabagismo (fumo)
  • Uso de drogas
  • Distúrbios hormonais (queda de testosterona por exemplo)
  • Doenças neurológicas (mal de Parkinson por exemplo)
  • Doenças vasculares
  • Obesidade
  • Consumo prolongado de alguns medicamentos
  • Fibrose dos corpos cavernosos (mais raro)
  • Psicológicas ou emocionais:
  • Traumas (histórico de abuso sexual, acidente, morte familiar, falência etc.)
  • Fracasso sexual. (Episódio isolado)
  • Autoestima baixa (muitas vezes baseadas em padrões estéticos exagerados)
  • Conflitos amorosos (relacionamentos conturbados).

Tem tratamento?

A medicina avançou bastante nesta área. Especialistas arriscam em afirmar que só sofre com a disfunção erétil quem quiser.

Qualquer tratamento deve ser indicado pelo médico.

  • Medicamentos orais

Geralmente esta é a primeira opção usada pelos médicos. Os medicamentos orais como o Tittanus melhoram o fluxo do sangue facilitando a irrigação do pênis propiciando a ereção. Devem ser ingeridos antes da relação (em média 2 horas) e variam quanto ao seu tempo de ação.

  • Injeção intra-cavernosa

Esta opção é indicada quando os medicamentos orais não surtem efeito. A medicação é injeta diretamente no pênis, estimulando a circulação rapidamente. O tempo de duração varia de acordo com a dose.

  • Prótese peniana maleável

Este é um tratamento mais complexo pois requer intervenção cirúrgica. A maleável é a mais simples e tem um custo considerado baixo. É introduzido uma haste metálica (envolvida em silicone) no pênis que lhe oferece uma ereção rígida 100% do tempo.

  • Prótese peniana inflável

Neste caso é introduzido cilindros no pênis que se ligam a uma “bombinha” com líquido (que simula o sangue). Esta prótese é acionada no momento que o paciente deseja a ereção e o pênis retorna ao estado flácido quando pressionado para baixo.

  • Terapia

Quando a causa for psicológica, certamente seu médico vai lhe encaminhar para um terapeuta, como você pode ver no vídeo abaixo:

Melhores livros para expandir a mente

O assunto de hoje é sobre aqueles livros que tem o poder de tirar qualquer um da sua zona de conforto e fazer pensar. Nessa lista que virá a seguir, não há um gênero literário apenas, e sim livros com viés romântico, cientifico e outros variados.

Isso porque ler é um verdadeiro prazer, mas ler algo que pode realmente acrescentar para o seu crescimento e ajudar a expandir a mente é sempre bom.

Então, vamos ver algumas dicas de leitura logo a seguir:

  1. Em busca do tempo perdido – Proust

Esse é um livro clássico do francês Proust que pode fazer você rever como é a sua relação com o passado.

A trama é narrada pelo próprio escrito, levando o leitor a fazer uma viagem pelo tempo, resgatando vivências que já pareciam perdidas.

Os seus muitos volumes trazem mecanismos que ativam a memória voluntária e a involuntária, mostrando como as histórias antigas podem ser modificadas por nós mesmos.

  1. O caderno rosa de Lori Lamby – Hilda Hilst

Essa polêmica escritora brasileira traz um libro que faz com que o leitor questione os limites entre realidade e ficção, bem como entre o que é perturbador para os valores morais e o que é socialmente aceitável.

Quem narra a história do livro é uma menina de apenas 8 anos de idade que passa a se prostituir sendo agenciada pelos seus pais. Ela então registra todas as suas experiencias em um caderno rosa.

O que pode ser mais perturbador é que a menina sente prazer nesses atos abusivos e coloca o leitor em posição de questionamento constante.

  1. O andar do bêbado – Leonard Mlodinow

Esse livro, ao contrário do anterior, não se trata de uma ficção e sim de uma obra cientificamente baseada e apoiada por conceitos da matemática, física, psicologia e economia.

Aqui, Leonard Mlodinow busca explicar como o acaso influencia a nossa vida cotidiana e como determinados sucessos em variados aspectos da vida podem ser explicados de forma científica.

  1. Por que fazemos o que fazemos? – Mário Sérgio Cortella

Cortella é filosofo e professor e escreveu esse livro como uma forma de gerar reflexão a respeito da nossa relação com a coisa que ocupa a maior parte do nosso dia, que é o trabalho.

O fato é que muitos escolher uma carreira por sugestão da família ou indução de conhecidos, e passa a assistir seus anos passando no empenho e algo que nem gosta tanto. Vale a pena conferir na “Netflix dos Livros”, Amazon Kindle Unlimited se alguns destes títulos estão disponíveis por lá.

Erva cidreira – Principais Benefícios

A erva cidreira é muito conhecida por seus benefícios medicinais. É conhecida também por capim-cidreira, melissa e citronete.  Ela é facilmente encontrada em farmácias de manipulação, lojas de produtos naturais, feiras livres e até supermercados.

Além disso ela é bem fácil de plantar e manter seu cultivo em casa.

Propriedades

A erva cidreira possui propriedades: analgésica, antiespasmódica, antibiótica, cicatrizante, diurética, sudorífera, antimicrobianas, tônica, sedativa, relaxante, antiviral, antinevrálgica, anti-inflamatória, antifúngica, calmante e expectorante.

Benefícios do uso da erva cidreira

Assim como as diversas ervas medicinais existentes a erva cidreira possui muitos benefícios, confira os principais:

  • Calmante

O chá de erva cidreira pode ser de grande ajuda para quem sofre de stress, insônia e ansiedade. Pode ser usada também em óleos através de massagem para relaxamento.

  • Combate resfriados e febre

Com o auxílio das suas propriedades antifúngica (combate fungos) e antibacteriana (combate as bactérias), a erva cidreira enfrenta a luta contra resfriados, gripes e febre. É abundante em vitamina C (poderoso antioxidante) que reforça o sistema imunológico prevenindo contra as infecções.

  • Auxilia na digestão

Pelo seu efeito antiespasmódico a erva cidreira ajuda a diminuir dor de estomago, bexiga e intestino inclusive aqueles associados a stress nervoso. Ajuda também a relaxar a musculatura da área digestiva proporcionando sensação de bem estar e alívio, inclusive de gases intestinais.

  • Controle da pressão arterial

Devido a sua propriedade relaxante, algumas pesquisas obtiveram resultados positivos no controle da pressão arterial através do uso regular do chá de erva cidreira. Alertamos, no entanto, que se você faz uso de medicamento controlado para hipertensão o uso do chá não exclui o mesmo.

  • Antioxidante natural

A erva cidreira (todas as espécies) possui uma grande quantidade de fito químicos, que apresentam atividade antioxidante, que conservam saudáveis cabelos, pele e unhas e previne o envelhecimento.

O chá de erva cidreira emagrece?

Somente o uso do chá de erva cidreira não emagrece. Durante a dieta você pode usá-lo como auxiliar de forma indireta. Pelo seu efeito calmante, pode aliviar a ansiedade que leva a compulsão alimentar.

O chá de erva cidreira tem efeitos colaterais?

Não existem efeitos colaterais, mas, embora sendo um produto natural deve ser usado com moderação. Seu uso em excesso pode causar baixa da pressão arterial, pois tem efeitos calmantes. Sempre que fizer uso de algum medicamento consulte seu médico para receber orientação adequada ao seu caso. Pode ser usado por gestantes e lactantes, sempre com moderação.

Assista também este vídeo, se você quer saber um pouco mais sobre a erva cidreira:

Qual a melhor posição para engravidar?

Sem dúvidas, o sexo é alfo essencial para que uma gestação possa acontecer pelo método tradicional. No entanto, o que a maioria das pessoas não sabem é que algumas posições podem favorecer a fecundação. E você, sabe qual a melhor posição para engravidar?

O fato é que algumas posições realmente contribuem para que os espermatozoides possam chegar até o útero para fecundar os óvulos.

Para quem está tentando engravidar essa é uma excelente alternativa, visto que potencializa o processo e, até conseguir resultado, dá pra ir praticando de diferentes formas muitos prazerosas.

Então, para saber qual a melhor posição para engravidar, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse assunto. Vamos lá?!

A posição influencia?

Sem dúvidas, algumas posições são melhores para engravidar, visto que aumentam a possibilidade que o óvulo tem de ser fecundado. No entanto, é muito importante lembrar que não existe posição errada e que qualquer contato sexual desprotegido pode levar a uma gestação.

A respeito de qual a melhor posição para engravidar, vale lembrar que primeiramente é importante que a relação tenha ardor e desejo. Assim o esperma do homem sairá com um impulso muito maior.

Além disso, o prazer feminino é imprescindível, visto que leva a um aumento do muco cervical para a lubrificação, o que facilita a mobilidade do espermatozoide.

Mais do que isso, além da posição, é muito importante estar atento ao período de ovulação da mulher. É fundamental que a relação acontece nos dias férteis, para que a possibilidade de engravidar seja maior.

Daí então, sim, seguidos esses itens acima, é possível conhecer qual a melhor posição para engravidar e aplica-la no momento da relação.

A posição o útero também importa

Muita gente nem imagina, mas a posição do útero também pode fazer muita diferença no caminho para engravidar.

Se o útero for virado pra trás, por exemplo, a melhor posição para engravidar são aquelas em que a mulher está de costas para o homem no momento da ejaculação.

Já quando a entrada uterina é virada para frente, é importante que a posição favoreça a entrada do esperma no útero nessa posição. Nesse caso, o bom e velho papai e mamãe pode ser uma excelente alternativa.

Dito tudo isso, podemos enfim discutir qual a melhor posição para engravidar.

Afinal, qual a melhor posição para engravidar?

Sem dúvidas, a melhor posição para engravidar é aquela que proporciona uma penetração mais profunda. Assim, aumenta a chance de o espermatozoide chegar até o útero e fecundar o óvulo.

Agora, vamos conhece quais são essas melhores posições:

  • De ladinho

Essa é uma posição excelente para os casais, visto que deixa a mulher extremamente à vontade e facilita que haja uma penetração mais profunda do pênis.

Além disso, a posição é excelente para a troca de carícias e estímulos, visto que as mãos ficam livres. O homem pode até aproveitar para estimular o clítoris da mulher.

  • De costas ou de quatro

Sem dúvidas essa é a posição preferida da maioria dos homens. Além da sensação de domínio que ela proporciona ao macho Alfa, ela ainda pode ser vantajosa para quem quer engravidar. Isso por causa da direção em que o pênis fica em relação à entrada do útero.

  • Tradicional (papai e mamãe)

Quando a mulher fica por baixo do homem, a posição contribui para que ela chegue ao orgasmo mais facilmente, especialmente pelo maior relaxamento que permite e pelo maior contato no clitóris.

Uma boa dica para tornar essa posição mais prazerosa e possibilitar a fecundação, a dica é colocar um travesseiro embaixo do quadril da parceira. A parceira também pode elevar os quadris envolvendo as pernas na cintura do parceiro.

  • Cavalgada

Nesse caso é a mulher que fica em posição de poder, montada sobre o homem como se estivesse cavalgando. Ela é muito prazerosa para a mulher, pois também permite maior estimulação do clitóris, facilitando o orgasmo.

Além disso, é possível também conseguir uma penetração mais funda, fazendo com que o esperma seja depositado bem perto da entrada do útero. Isso sem falar que essa é uma posição que tende a estimular bastante o parceiro.

  • Cavalgada invertida

Nesse caso, a mulher fica de costas para o homem e a penetração se torna ainda mais próxima do colo do útero. Sem dúvidas, essa também é uma excelente posição para engravidar!

Por fim, é importante falar sobre um outro assunto. Há quem afirme por aí que o sexo oral pode acabar prejudicando as chances de engravidar por que a saliva teria um efeito ruim sobre o muco cervical e ainda alteraria o pH vaginal.

Pois bem, saiba que nada disso é cientificamente comprovado e não passa de especulação. No entanto, se a ideia é engravidar, pode ser uma boa deixar o sexo oral de lado, pelo menos nos dias férteis. Já em outros momentos do ciclo, a dica é usar e abusar do sexo oral mesmo!

Além disso, em casos de dificuldade de engravidar, o mais indicado é procurar o acompanhamento e orientação de um médico. Assim é possível conhecer melhor o seu ciclo, avaliar se está tudo em ordem com o sistema reprodutor e ficar muito mais tranquilo no momento da tentativa.

Pronto, agora você já conhece qual a melhor posição para engravidar. Aproveite essas dicas e vá disfrutando de cada tentativa!